Francisco Maximo Baratti

Francisco Máximo Baratti                                                       

 Nome Artistico: Baratti
 Rua Dr. Zuquim, 757 – AP. 64 – Santana – São Paulo – SP – CEP 02035-011
Fone (11) 2950.48.09 e 953.533.336
 1987/1999. Professor de Artes na Faculdade Mozarteum – Disciplinas de Estética e História da Arte
Professor Aposentado
 

Formação:
1948 – Curso de Desenho de Móveis – Escola Getúlio Vargas
1962 – Curso de Lapidação de Pedras Preciosas – SENAI
1964 – Vários cursos técnicos agrícolas – Secretaria de Agricultura
1966 – Curso de Informações Cinematográficas – MASP
1972-74 – Faculdade de Belas Artes de São Paulo
1977 – Seminário de Comunicações de Massa - SENAC
 
 
Exposições coletivas e individuais:
1975 – IV Encontro Jundiaiense de Arte
1976 – Bienal Nacional de São Paulo
2004 – Exposição comemorativa de São Paulo  “Uma viagem de 450 anos” – SESP Pompéia
2011 – Exposição Individual – Espaço Pantemporâneo – Baratti Uma Aventura Plástica
2012–Pequenas Grandes Obras – Espaço Cultural Condomínio Planalto – Up Art – São Paulo - SP
2012 – Up Art APAP – Prédio Histórico dos Correios em São Paulo
2013 – Feira de Arte “Olhe Brasil” – MUBE Museu Brasileiro de Escultura – SP
2014 – Exposição individual – Projeto 15X15 APAP/UNESP
 

Palestras e cursos proferidos:
1977 - Palestra sobre Pintura Tridimensional - SENAC
1985/92 – Diversas Palestras sobre Estética e História da Arte na Bolívia, Perú, Equador e Chile.
1989 - Palestra sobre Pintura Tridimensional – ECA – USP
1996 – Curso de Estética Sistemática Biblioteca Municipal de Guaianazes Pres. Kennedy
            Curso de Estética Sistemática Biblioteca Municipal de Santana Nuto Santana
          - Palestra sobre Estética Sistemática (Pincéis Tigre)
          - Palestra sobre Estética Sistemática (Universidade Metodista)
1997 – Curso “O que são os primeiros passos em Pintura” (Biblioteca Nuto Santana
          - Palestra sobre Estética Sistemática (Acre Clube)
          - Palestra “Desmistificação da Arte” (Pincéis Tigre)
          - Palestra “Monet e o Impressionismo” (Acre Clube)
 
 Membro de Júri de seleção e premiação:
1980 - Bienal de Artes Plásticas do Círculo Militar de São Paulo –
1984 - Salão Ararense de Artes Plásticas –
1989 - 5º Encontro de Artes Plásticas Adelpha Figueiredo
 

Atividades Paralelas:
1987 – Decoração do Salão Nobre para o Carnaval – Clube Espéria
1988 – Decoração do Salão Nobre para o Carnaval – Clube Espéria
1995 – Cenário da peça infantil “João e Maria” (indicado para o prêmio Mambembe)
1996 – Cenário da peça “Os Meninos Verdes”


“O universo de Francisco Baratti é o da alegria e se entra nele graças ao lidar competente, habilidoso e carinhoso do artista com os mais diversos recursos plásticos numa jornada prazerosa para a mente, para os olhos e para o coração.”
Oscar D’Ambrosio - Associação Internacional de Críticos de Artes​
 
“... o segredo de Baratti está em ter estabelecido perfeita simbiose com sua pintura, que sempre resulta forte, muito forte, enérgica, plena de frescor e alegria.”
Valdir Rocha - Artista Plástico - Pantemporâneo

“... porque o frescor de sua energia e a intensidade de seu traço não são resultado do acaso, nem fruto de coincidências, mas a retratística de um rigor formal conquistado, na solidão segura de quem sabe o que faz.”
Jorge Anthonio e Silva - Crítico e Pesquisador em Estética
 

“O universo de Francisco Baratti é o da alegria e se entra nele graças ao lidar competente, habilidoso e carinhoso do artista com os mais diversos recursos plásticos numa jornada prazerosa para a mente, para os olhos e para o coração.”
Oscar D’Ambrosio - Associação Internacional de Críticos de Artes​
 
“... o segredo de Baratti está em ter estabelecido perfeita simbiose com sua pintura, que sempre resulta forte, muito forte, enérgica, plena de frescor e alegria.”
Valdir Rocha - Artista Plástico - Pantemporâneo

“... porque o frescor de sua energia e a intensidade de seu traço não são resultado do acaso, nem fruto de coincidências, mas a retratística de um rigor formal conquistado, na solidão segura de quem sabe o que faz.”
Jorge Anthonio e Silva - Crítico e Pesquisador em Estética

 

http://fmbaratti.wixsite.com/baratti