Lourdes Cedran

Pintora, desenhista, artista plástica e museóloga.
Lourdes Teresinha da Silva de Amorim Cedran (1930: Valinhos, SP).
 
Em São Paulo, estudou com Antonio Carelli, Aldo Bonadei e Paolo Rissone.
 
1974 – Começou a utilizar em suas obras versos manuscritos de poetas místicos da Índia, do Irã, da China e de outros países orientais, com características de misticismo erótico.
1979 – Lançou o livro Novos caminhos da arte fantástica.
1969-83 – Foi diretora do Paço das Artes, em São Paulo.
1980 – Começou a empregar o papel como matéria-prima em seus trabalhos.
1983 – Ganhou bolsa de estudo no Museu Molino de Capellades, na Espanha.
1985 – Organizou o livro Diálogos com Mário Schenberg.
1987-90 – Foi diretora da Pinacoteca do Estado de São Paulo.
 
REALIZOU AS EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:

1966 – Galeria Ponto de Encontro, São Paulo, SP; Galeria Convivium, Salvador, BA.
 
PARTICIPOU DAS SEGUINTES MOSTRAS COLETIVAS:

1965 e 66 – Salão do Trabalho, São Paulo, SP.
1966 – Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, SP, Medalha de bronze.
1968 – 9ª Bienal de São Paulo, São Paulo, SP; Salão de Arte Contemporânea, Santo André, SP.
1994 – 8 Pintores Brasileiros, Galeria de Arte Sara Garcia Uriburu, Buenos Aires, Argentina.
1995 – Papel Arte, Grande Salão de Artistas Argentinos, Centro Recoleta (sala especial), Buenos Aires, Argentina.
 
FONTES

catálogo geral de obras. Pinacoteca do estado de São Paulo.Texto de Maria Cecília França Lourenço, Imprensa Oficial do Estado, 1988.
LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário Crítico da Pintura no Brasil. p. 116, Artlivre, Rio de Janeiro, 1988.
LOURDES Cedran e Valter Ponte. Apres. de Mário Schenberg. Blue Life Galeria de Arte, São Paulo, 1985.